Benefício de até R$1,5 mil tem o objetivo de equipar educadores e melhorar as condições para o ensino remoto durante a pandemia

A Prefeitura de Niterói criou um programa de apoio aos professores da rede municipal para aquisição de microcomputadores. O objetivo é conceder crédito de até R$ 1,5 mil para que os profissionais comprem computadores, notebooks ou tablets para auxiliar o trabalho no ensino remoto durante a pandemia do novo coronavírus. O programa, que integra o Plano de Retomada das Aulas, será detalhado em decreto a ser publicado no Diário Oficial do município nos próximos dias.

Em pronunciamento nas redes sociais nesta segunda-feira (10), o prefeito de Niterói, Axel Grael, ressaltou a importância do programa para o sucesso das aulas em formato híbrido na rede municipal de educação.

“Essa é uma medida muito importante, pois permite que os professores possam adquirir equipamentos de informática para fazer o trabalho de educação e orientação dos alunos, usando toda a tecnologia e metodologia desenvolvida pela Secretaria Municipal de Educação e pela Fundação Municipal de Educação. Com isso, nossos docentes terão melhores condições para realizar as atividades necessárias nesse período de ensino híbrido devido à pandemia do coronavirus”, avaliou o prefeito.

O secretário de Educação, Vinicius Wu, afirma que a aquisição de equipamentos tecnológicos é fundamental para assegurar um bom uso da plataforma pedagógica Niterói em Rede e elevar a qualidade do ensino oferecido na rede municipal.

“Nossos professores têm se esforçado muito e agora poderão renovar seus dispositivos, melhorando suas condições de trabalho e produção de conteúdos pedagógicos. Assim que assumimos, iniciamos vários processos licitatórios para promover a inclusão digital nas escolas de Niterói. Estão em curso os processos para aquisição de equipamentos para os alunos, melhoria da conectividade nas escolas, oferta de dados patrocinados, etc. Estas ações são essenciais para garantirmos o direito à educação neste período tão difícil que enfrentamos”, afirmou o secretário de Educação, Vinicius Wu.

O benefício poderá ser concedido a todos os professores que sejam regentes em turmas do Ensino Fundamental e que tenham salário bruto de até R$6.500. O crédito será concedido na forma de reembolso no valor limite de até R$1.500 para compra de um equipamento novo.

“A compensação ao profissional se dará por depósito em conta após a apresentação da nota fiscal referente ao equipamento. Assim que o decreto que autoriza o benefício for publicado, o profissional poderá comprar o aparelho no valor que desejar e solicitar o reembolso de até R$ 1,5 mil na FME”, adiantou o presidente da Fundação Municipal de Educação, Fernando Cruz.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support